quarta-feira, 1 de outubro de 2014

O Tempo não Pára!

Por conta disso, muito nos leva e muito nos traz. Neste finalzinho de inverno nos trouxe tristezas e alegrias. E pela ordem dos fatos:

Bongo, nosso pequeno guerreiro, foi para o outro lado do arco-íris. Viveu conosco lindos quatorze anos, o que nos pareceu muito pouco tempo pelo o que ele nos deu: alegria, carinho, encanto, parceria... Nosso anjinho de patas... Que saudade!


Farofa chegou! Dois meses de pura energia! Veio do Canil Municipal para ser o mais novo integrante da família! Chegou "chegando" o danadinho! Alegre, arteiro, bagunceiro... Haja fôlego! Kkkkk...
Estamos apaixonados por ele!


O Farofa veio fazer companhia para o nosso querido Pretinho, que estava muito triste com a ausência do Bongo. No começo o Pretinho estava bem arredio e fugia do Farofa, mas agora já está acostumando e até brinca às vezes com ele rs.


Maridão fez cirurgia e Deus nos abençoou com sua maravilhosa recuperação!
Ah! As minhas orquídeas floresceram e enfeitaram nosso quintal, a nossa casa e a nossa vida!



E o tempo não pára!
Beijos e uma primavera cheia de acontecimentos felizes a todos!
Izabel.

4 comentários:

Caprichos da Lulu disse...

Bom dia flor! Como amo esses bichinhos! Bom findi, bjubju!!!

Quitiki Artesanato disse...

Bom dia Lú!
Ah, eles são nossos amores!
Tenha uma excelente e linda semana!
Beijos, Izabel.

pequemimos disse...

Oi Izabel!
Ah, que triste sobre o Bongo! Sempre fico sentimental quando bichinhos morrem... ainda mais quando fazem parte da família. Espero que o Farofa e o Pretinho estejam se dando bem. E que vocês tenham o coraçãozinho confortado!
Suas orquídeas são ma-ra-vi-lho-sas.
Adorei o post, feito de maneira tão positiva. Tem razão, o tempo não pára!
Beijos grandes,
Maria Carolina

Quitiki Artesanato disse...

Olá Maria Carolina!
Ainda estamos sensibilizados com a ausência do Bongo, embora sabendo que tudo é passageiro, os sentimentos alegres ou tristes não são, não é mesmo?
Farofa e Pretinho já são amigos, embora Farofa esteja naquela fase de destruir tudo o que vê pela frente, mas estamos felizes por ele fazer parte da nossa vida!
Beijos,
Izabel.